+(351) 239 560 100

Exercício de emergência e catástrofe junta equipas de várias nacionalidades e valências

Exercício de emergência e catástrofe junta equipas de várias nacionalidades e valências
  • Segunda, 01 de Novembro de 2021

Decorreu nos últimos dias em Penela o 8º EXERCÍCIO INTERNACIONAL SAR day, evento que procura explorar diversas áreas de salvamento em cenários de catástrofe, pouco habituais ou especialmente complexos juntando, em coordenação e partilha de experiências, diversas equipas especializadas nesta área de salvamento, nacionais e internacionais, quer provenientes de corpos de Bombeiros, ONG(s) ou Forças da Segurança.

Organizado em parceria com a EVOLSAR (European Association of Civil Protection Volunteer Teams), SAR Team Portugal (Escola Portuguesa de Salvamento) e os Bombeiros de Penela, o evento acolheu em 5 dias (28/10 a 01/11/2021) equipas internacionais (advindas nomeadamente da Hungria, Rússia, Grécia, Espanha, Malta, Itália e França) e nacionais como a própria SAR Portugal, a UEPS da GNR (Unidade de Emergência de Proteção e Socorro), APMC (Associação Portuguesa de Mantrailing e Canicross), SUBZONE (Organização voluntária de protecção civil) e equipas das corporações de Bombeiros de Peniche, Cacilhas, Monção, Minde e Penela, num total de 125 técnicos (90 nacionais e 35 elementos estrangeiros).

As actividades previstas dividiram-se em 3 temas principais: Salvamento e Resgate em Grutas, Busca Técnica recorrendo a Drones específicos e a K9 (emprego de cães treinados para funções especificas – as unidades cinotécnicas) e Logística e Coordenação de Equipas.

Os exercícios foram realizados em formato LIVEX (cenários “em campo” que procuram aproximar ao máximo as condições encontradas num cenário real), contando ainda o evento de palestras, workshops para pequenas e especificas técnicas e de momentos de partilha entre as heterogéneas equipas.

Particularizando, foram, por exemplo, encenados exercícios como a queda de um avião, campistas desaparecidos, salvamento em gruta, bombagem em gruta e mesmo colapso de estrutura por embate de aeronave.

O evento decorreu no Centro Técnico em Emergências de Penela, no quartel de bombeiros da mesma vila e nas suas imediações, no concelho de Penela, em especial, no caso dos exercícios de resgate em grutas, no complexo de grutas Talismã em Penela, nas já bem conhecidas grutas do Soprador do Carvalho e Algarinho.

Inesperadamente, os participantes viriam a ser afectados pela tempestade Blas, que nestes dias tem assolado todo o país ao que a organização responde: “mais que uma dificuldade, tem-se mostrado um desafio onde temos vindo a conseguir dar resposta satisfatória e (mesmo não ter sido previsto) aproxima-nos mais das condições esperadas num cenário real”, segundo Francisco Rocha – Director de Exercício SAR e o Sub-Chefe Diogo Santos - porta-voz da corporação de Penela.

Ainda relevante lembrar que para acolher todos estes técnicos, fora montado um cenário de campanha no Salão Multiusos Municipal e um grande acampamento exterior, situações e dificuldades que mais contribuíram para enriquecer a experiência logística que seria de se esperar num cenário de catástrofe real.

Outras equipas internacionais ainda estiveram para vir, é importante referir, que ficam retidas por complicações de ordem burocrática e sanitária, ainda na sequência das restrições aeroportuárias de contensão ao COVID-19.

Os Bombeiros de Penela deixam um agradecimento a todos os que contribuiram para que a realização deste evento fosse possível e que tudo decorresse dentro da normalidade e em segurança.

Fica o especial agradecimento ao CNE de Penela (Corpo Nacional de Escuteiros) que colaborou com elementos para simularem vítimas.

© 2020 All Rights Reserved. Powered by PenelaDigital

SOS